• 00Dias
  • 00Horas
  • 00Minutos
  • 00Segundos
Painel Inaugural

Construindo redesna era digital

Após um ano de pausa em resposta à pandemia de covid-19, temos prazer em anunciar que este ano retomaremos e celebraremos o XXVI Encontro Anual de Presidentes e Magistrados de Tribunais, Cortes e Salas Constitucionais da América Latina. Já há 27 anos o Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad-Adenauer organiza esta conferência anual para juízes e juízas constitucionais do continente, bem como para juízes e juízas da Corte Interamericana de Direitos Humanos e da Corte Constitucional Federal da Alemanha, que já se tornou, ao longo dos anos, o evento mais tradicional e prestigioso do Programa.

INSCRIÇÕES LIMITADAS

Ver Vídeo painel público 24 de junho
Volante 3 web-01
Fotos-14

SideEvents

No âmbito do XXVI Encontro de Tribunais, Cortes e Salas Constitucionais da América Latina, a Corte Constitucional do Equador e o Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad-Adenauer-Stiftung celebraremos, na quinta e sexta-feira, 24 y 25 de junho de 2021 das 15:00 às 16:30 (hora Equador GTM-5), um evento acadêmico aberto para o público, em que serão abordados dois grandes eixos temáticos que durante os últimos anos têm auferido especial preponderância para a região: “Jurisprudência constitucional e o papel dos juízes e juízas constitucionais no âmbito do protesto social” e “A tarefa das juízas e juízes constitucionais e sua jurisprudência no que diz respeito à independência judicial; uma análise acadêmica”. Igualmente, este será um espaço que será aproveitado para apresentar alguns dos projetos mais importantes da organização, como as fichas jurisprudenciais do Projeto CORE Constitutional reasoning in Latin America, bem como o Centro de Estudos e Divulgação do Direito Constitucional como parte do Programa de Estado de Direito para a América Latina.

Fotos-60-2

Informação adicional

VER MAIS

Anfitriõese Tribunais convidados

Os anfitriões do Encontro de Tribunais, Cortes e Salas Constitucionais mudam anualmente. Este ano, o Programa Estado de Direito para a América Latina da Fundação Konrad Adenauer tem a honra de lhes apresentar como coanfitriã a Corte Constitucional do Equador.